Via Ecológica Serra dos Tapes: em breve também para caminhantes

/, Pelotas/Via Ecológica Serra dos Tapes: em breve também para caminhantes

Via Ecológica Serra dos Tapes: em breve também para caminhantes

Por interesse turístico, cultural, religioso, esportivo ou até mesmo sem motivo algum além da vontade genuína de peregrinar – a pé ou em bicicleta – o famoso Caminho de Santiago de Compostela atrai a cada ano, aproximadamente 300 mil pessoas dispostas a percorrer seus 800 quilômetros, entre territórios de Portugal, Espanha e França.

Hoje, dia 25 de julho, é dia de Santiago Apóstolo, e aproveitamos a data para sinalizar a público uma novidade que irá agradar peregrinos experientes e iniciantes, que poderão contar ainda este ano, com um roteiro preparado para percorrer a Serra dos Tapes da forma mais ecológica possível: a pé!

A iniciativa já era esperada por parte da equipe gestora da Via Ecológica, porém, não sabíamos que daríamos atenção a esta modalidade de modo tão rápido. Fomos desafiados a preparar um roteiro para 2 caminhantes experientes que manifestaram interesse em percorrer a rota durante sua semana de férias. Porém, descartavam a possibilidade de fazer pedalando. O desafio foi aceito e estruturamos uma rota de 5 dias e 4 pernoites, que foram percorridos a pé e com êxito, entre os dias 18 e 22 de julho.

Caminhantes mostram arte feita em homenagem à Santiago de Compostela.

Luíz Capra e Aline Medeiros se surpreenderam ao descobrir as “serras” de Pelotas e Morro Redondo. Não imaginavam que uma cidade plana como Pelotas possuísse região montanhosa. Segundo eles, o percurso em 5 dias é próprio apenas para caminhadores experientes e bem condicionados fisicamente. Para o público caminhante, em geral, recomenda-se que o caminho completo seja feito em até 7 ou 8 dias.

 

Durante a aventura, Luiz e Aline foram recebidos para hospedagem, visita e alimentação nas propriedades rurais Negrinho do Pastoreio (Morro Redondo), Sítio Amoreza (Morro Redondo), Hotel Fiss (Morro Redondo), Café Paiol (Morro Redondo), Casa Gruppelli (Pelotas), Propriedade Agroflorestal Schiavon e Recanto Colonial (Pelotas).

A experiência, até certo ponto inesperada, abriu um novo horizonte de ótimas possibilidades para o futuro tão breve que já se aproxima. Estamos certos que abrir para esta nova modalidade de experiência irá atrair ainda mais viajantes para visitar nossa região na próxima temporada.

Uma pequeno relato de suas motivações para conhecer a Serra dos Tapes-RS, no 3º Econtro Internacional de Gestão Hoteleira, Gastronômica e Turística (UFPel).

Em nome da coordenação do projeto Via Ecológica, estamos ainda mais motivados e nos preparando para atender e receber tanto o público ciclista como o de caminhantes. Luíz Capra é enfático ao afirmar que “quem caminha a Serra dos Tapes está pronto para encarar Santiago de Compostela!”

Então… ciclistas, corredores e caminhantes: aguardem que tem novidade por aí!

Entrega dos certificados, após conclusão do percurso.

Informações e contato:

By | 2018-07-25T22:29:57+00:00 julho 25th, 2018|Morro redondo, Pelotas|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário