Serra dos Tapes https://www.serradostapes.com.br 1ª Via Ecológica da América Latina Fri, 07 Dec 2018 10:05:41 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.9.8 Curso de Uso da Bicicleta para diversos fins (novembro) https://www.serradostapes.com.br/curso-de-uso-da-bicicleta-para-diversos-fins-novembro/ https://www.serradostapes.com.br/curso-de-uso-da-bicicleta-para-diversos-fins-novembro/#respond Wed, 17 Oct 2018 22:55:03 +0000 https://www.serradostapes.com.br/?p=430 O USO DA BICICLETA PARA DIVERSOS FINS: ÊNFASE EM MECÂNICA & MANUTENÇÃO

15 horas – 5 encontros – mês de novembro

 

  1. Apresentação:

O curso é dirigido a Ciclistas iniciantes e pessoas interessadas em aprender mais sobre o uso e inserção da bicicleta no seu dia-a-dia. Os encontros semanais abordarão diversos aspectos (pessoais, sociais e ambientais) do uso da bicicleta no cotidiano ou como estilo de vida. Acontecerá durante o mês de novembro e os encontros serão conduzidos de modo teórico e prático em que os alunos receberão resumos das aulas em formato PDF ao final de cada encontro.

  • Ministrante: Leandro Karam (Pedal Curticeira)
  • Público-alvo: Ciclistas iniciantes e pessoas interessadas em aprender mais sobre o uso e inserção da bicicleta no dia-a-dia.
  1. Conteúdo:

Além de Mecânica e Manutenção, os assuntos abordados serão os seguintes:

  • Uso da bicicleta como Mobilidade Urbana
  • Uso da bicicleta como esporte
  • Uso de APP’s para ciclistas
  • Uso da Bicicleta e o Código de Trânsito Brasileiro (CTB)
  • Uso da bicicleta como lazer, recreação e promotor de ações sociais
  • Uso da bicicleta como prática de saúde integral
  • Uso da bicicleta no processo de cidadania, sociedade e ambiente
  • Uso da bicicleta como prática de educação, empreendedorismo e indutor de desenvolvimento regional
  1. Carga Horária:
  • Total de 15 horas
    • 5 encontros de 3 horas, cada.

 Horários e Turnos disponíveis:

    • Manhã, Tarde e noite:
      1. Mínimo de 6 e máximo de 10 pessoas por turma)

 Cronograma dos encontros:

    • O cronograma dos encontros será o seguinte:
      • 1ª hora – Assunto I
      • 2ª hora – Assunto II
      • 3ª hora – Mecânica & Manutenção Básica
  1. Valor e Pagamento:
  • Investimento de R$ 120,00 por pessoa, a vista ou em 2 x R$60,00
    • 1º Pagamento – na matrícula, entre os dias 15 e 30 de outubro;
    • 2º Pagamento – até dia 15 de novembro
  1. Como fazer minha inscrição?

1º – Preencha o formulário ONLINE AQUI;

2º – Efetue o pagamento de matrícula de forma:

  1. Maiores informações:

 

]]>
https://www.serradostapes.com.br/curso-de-uso-da-bicicleta-para-diversos-fins-novembro/feed/ 0
Regulamento 3º Desafio Serra dos Tapes-RS https://www.serradostapes.com.br/regulamento-3-desafio-serra-dos-tapes/ https://www.serradostapes.com.br/regulamento-3-desafio-serra-dos-tapes/#respond Sat, 13 Oct 2018 19:49:55 +0000 https://www.serradostapes.com.br/?p=419 O Desafio Serra dos Tapes – RS é um evento promovido pela equipe gestora do Projeto Via Ecológica e realizado na região da Serra dos Tapes-RS, no interior dos municípios de Pelotas e Morro Redondo.

O evento que será realizado dia 9 de dezembro de 2018 está se consolidando entre ciclistas da Zona Sul do Estado e hoje atrai novos olhares de ciclistas de outras regiões, assim como de países vizinhos, como o Uruguai.

O objetivo do evento é integrar pessoas do meio rural e urbano promovendo atividades ao ar livre que inspirem relações de harmonia entre sociedade e meio ambiente.

Entre as novidades desta 3ª edição, damos destaque à modalidade trekking (a pé), para quem quer se desafiar em caminhada ou corrida na colônia com 2 opções de percursos, Curta e Longa distância, de 6 e 11 quilômetros, respectivamente.

Além disso, desta vez o local de concentração será a Comunidade Nº Sº do Bonfim, um local amplo com área verde a 250 metros do Trevo da Cascata (Pelotas), onde serão oferecidas diversas atividades para quem quiser passar o dia em meio a natureza curtindo o melhor de nossa cultura colonial.

REGULAMENTO DO 3º DESAFIO SERRA DOS TAPES-RS

1. Modalidades e Categorias
a. MTB INICIANTE: Os ciclistas deverão pedalar a distância de 20km com aproximados 500 metros de ascensão acumulada, dentro do limite máximo de 6 horas.
b. MTB ESPORTE: Os ciclistas deverão pedalar a distância de 74km com aproximados 1.500 metros de ascensão acumulada, dentro do limite máximo de 10 horas.
c. MTB PRO: Os ciclistas deverão pedalar a distância de 115km com aproximados 2.900 metros de ascensão acumulada, dentro do limite máximo de 12 horas.
d. TREKKING/CURTO: Os caminhadores/corredores deverão percorrer a distância de 6km com aproximados 180 metros de ascensão acumulada, dentro do limite máximo de 3 horas.
e. TREKKING/LONGO: Os caminhadores/corredores deverão percorrer a distância de 11km com aproximados 280 metros de ascensão acumulada, dentro do limite máximo de 5 horas.

2. Pontos de Acolhida (PA’s) e de Hidratação (PH’s):
    a. MTB – Categoria Iniciante: O percurso da Categoria Iniciante segue o mesmo que as demais categorias de MTB SOMENTE até o KM 10,5 onde haverá Ponto de Hidratação (água/frutas). Outro Ponto de Hidratação estará localizado no KM 17 do percurso.
    b. MTB – Categorias Esporte/Pro: Haverá um Ponto de Hidratação no KM 10,5. A partir daqui, os pontos de Acolhida/Hidratação serão os empreendimentos parceiros da Via Ecológica. Sendo eles os seguintes, nas respectivas distâncias:
i. Quilômetro 17: Recanto Negrinho do Pastoreio;
  ii. Quilômetro 28,5: Sítio Amoreza;
iii. Quilômetro 35: Hotel Fiss;
iv. Quilômetro 52: Café Paiol;
v. Quilômetro 67: Colonial Fungi;
vi. Quilômetro 74: Propriedade Agroflorestal Schiavon – PAS¹;
vii. Quilômetro 81: Casa Gruppelli;
viii. Quilômetro 93: Ponto de Hidratação e Carimbo do passaporte ao final da Trilha do Quilombo;
ix. Quilômetro 104,5: Recanto Colonial.

        ¹ PAS – Ponto Final da Categoria ESPORTE. A partir daqui, seguem somente ciclistas da Categoria Pro. Ao final do tempo limite determinado para a categoria Esporte a organização do evento disponibilizará transporte para ciclistas e suas bikes de volta ao local de concentração do evento, na Comunidade Nº Sº do Bonfim (Cascata).

    c. Trekking (categorias 6 e 11km): A cada aproximados 3 quilômetros haverá um Ponto de Hidratação (PH) e Carimbo do Passaporte, onde o participante será abastecido de água e frutas (banana/maçã).

3. Sinalização:
a. MTB: Para todas as categorias de MTB, a sinalização se dará por bandeirolas nas cores amarela, vermelha e verde, além de sinalização horizontal complementar feita com cal e as placas de sinalização do roteiro da Via Ecológica. Os significados das cores das bandeirolas são os seguintes:
i. Bandeirola AMARELA: Sinalização de CONFIRMAÇÃO do percurso, indicando que o ciclista está no caminho certo;
ii. Bandeirola VERMELHA: Sinalização de PERIGO / ALTO RISCO, onde os ciclistas deverão desacelerar para sua própria segurança. Além disso, para as categorias Esporte e Pro, as bandeirolas vermelhas no KM 58,5 indicam necessidade de PARAR e DESMONTAR da bicicleta para atravessar a BR-392 em segurança, sob pena de NÃO HOMOLOGAÇÃO (desclassificação) em caso do não cumprimento desta regra.
iii. Bandeirola VERDE: Sinalização indicativa de aproximação/chegada aos Pontos de Acolhida (PA’s), onde os ciclistas deverão parar OBRIGATORIAMENTE para carimbo do passaporte.
b. Trekking: Para todas as categorias de Trekking, a sinalização se dará por bandeirolas BRANCAS, e também por sinalização horizontal feita com aplicação de CAL.

4. Segurança do participante:
a. Ambulância disponível no local para eventuais atendimentos de Primeiros Socorros.
b. Veículos de Apoio durante todo o trajeto em todas categorias.
c. Seguro Acidentes, cobrindo eventuais custos de possíveis acidentes durante o Desafio.
d. Portar todos os documentos e equipamentos obrigatórios exigidos no item “5.f” e “5.g” do presente Regulamento.

5. Normas Gerais:
a. Termo de responsabilidade: O Termo de Responsabilidade é um documento que deve ser assinado por todos os participantes do Desafio. Ao assinar este documento o participante assume integralmente todo e qualquer risco, previsto ou não, ao participar do evento (Anexo 1).
b. Direitos de imagem: Ao participar deste evento, cada participante está incondicionalmente aceitando e concordando em ter sua imagem ou nome, divulgada através de fotos, filmes, rádio, jornais, revistas, internet e televisão, ou qualquer outro meio de comunicação, para usos informativos, promocionais ou publicitários relativos ao Desafio Serra dos Tapes-RS e ao Projeto Via Ecológica, sem acarretar nenhum ônus aos organizadores, patrocinadores ou meios de comunicação e ainda não sendo necessária sua autorização prévia nem cabendo posterior indenização.
c. Premiação: Todos os participantes, independente da modalidade ou categoria escolhida, que concluírem os respectivos percursos dentro do tempo limite estabelecido no item 1 deste regulamento, receberão:
i. Certificado de homologação do 3º Desafio Serra dos Tapes-RS;
ii. Medalha de participação alusiva ao 3º Desafio Serra dos Tapes-RS;
iii. Somente os ciclistas da Categoria Pro serão premiados com Troféu alusivo ao 3º Desafio Serra dos Tapes-RS.
d. Acesso ao local de concentração: O local de concentração do evento será a Comunidade Nº Senhor do Bonfim, localizada a 250 metros do trevo da Cascata (Pelotas), conforme a indicação a seguir:

Figura 1. Representação do acesso ao local de concentração. Fonte: Google Maps, 2018.

e. Orientação e apoio
i. Será disponibilizado aos participantes os links dos trajetos de cada categoria, e Passaporte (exclusivo a MTB Esporte e PRO) que deverá ser carimbado nos Pontos de Acolhida e Hidratação. Também serão disponibilizados arquivos GPX, KMZ e rota no Strava. Os ciclistas ainda contarão com sinalização do trajeto.
ii. Serão disponibilizados veículos de apoio em todas as categorias.

f. Equipamentos Obrigatórios à Modalidade MTB
i. Bicicleta em boas condições;
ii. Uso de capacete, luvas e roupas apropriadas para prática de MTB;
iii. Câmara de ar reserva, kit remendo e bomba de inflar;
iv. Placa de identificação entregue no Kit do Participante;
v. Passaporte entregue no Kit do Ciclista;
vi. Documento pessoal (RG/CNH);
vii. Ciclocomputador, aparelho celular e/ou GPS com aplicativo de georreferência (strava, endomondo, etc).

g. Equipamentos Obrigatórios à Modalidade Trekking
i. Calçado adequado à modalidade Trekking ou Corrida;
ii. Uso de roupas apropriadas para prática de Trekking ou corrida;
iii. Garrafa ou Mochila de Hidratação (recomendável, porém é opcional);
iv. Placa de identificação entregue no Kit do Participante;
v. Passaporte entregue no Kit do Participante;
vi. Documento pessoal (RG/CNH).

6. Inscrições
a. Itens e Serviços Inclusos no valor da inscrição
i. Participação no evento;
ii. Kit do participante do 3º Desafio Serra dos Tapes contendo: Ecobag, Placa de Identificação, Pasta, Passaporte (exclusivo para categorias MTB Esporte e Pro), Adesivo personalizado e Impressos promocionais.
iii. Visitação aos empreendimentos onde serão os Pontos de Acolhida (PA’s):
● Recanto Negrinho do Pastoreio – Km 17 – Categorias MTB Esporte e Pró;
● Sítio Amoreza – Km 28,5 – Categorias MTB Esporte e Pro;
● Hotel Fiss – Km 55 – Categorias MTB Esporte e Pro;
● Café Paiol – Km 52 – Categorias MTB Esporte e Pro;
● Colonial Fungi – Km 67 – Categorias MTB Esporte e Pro;
● Propriedade Agroflorestal Schiavon – Km 72 – Categorias MTB Esporte e Pró;
● Casa Gruppelli – Km 82 – Categorias MTB Pró;
● Recanto Colonial – Km 105 – Categoria MTB Pro.
iv. Serviço de apoio e monitoramento dos participantes;
v. Pontos de Hidratação com água e frutas disponíveis;
vi. Traslado entre a Propriedade Agroflorestal Schiavon e Local de concentração do Evento – categoria MTB Esporte (Inclui transporte das Bicicletas);
vii. Seguro Acidente que garante o suporte em caso de acidentes a longo do Desafio (Coberturas por atleta: até R$ 10.000 por despesas médicas odontológicas por acidente, até R$ 100.000 invalidez permanente ou morte acidental);
viii. Certificação e premiação para os participantes que completarem o Desafio dentro do limite de tempo de sua respectiva categoria. Medalhas para todas as categorias e Troféu somente para categoria MTB Pro;
ix. Espaço coberto para alojamento coletivo gratuito na Comunidade Nosso Senhor do Bonfim (trazer o necessário: colchonete, barraca, saco de dormir, etc).

b. Locais de inscrição: As inscrições poderão ser realizadas de 2 formas possíveis: ONLINE ou Presencialmente.
i. Inscrição ONLINE: Disponível através dos links disponibilizados no ítem “6.c” deste regulamento;
ii. Inscrição PRESENCIAL: Pode ser realizada nos endereços:

● Michigan Curso Completo (Pelotas): Rua General Neto, 898 (entre XV e Anchieta)
● JL Casarin (Pelotas): Rua Bento Gonçalves, 3900 (esquina Mal. Deodoro).
● Agência PXP (Pelotas): Rua XV de Novembro, 617 (sala 2).
● Hotel Fiss (Morro Redondo): Av. Jacarandá, 30.

c. Valores de Inscrição (acréscimo de R$5 para inscrições ONLINE)
i. 1º LOTE (efetuadas até dia 18/nov):
MTB Iniciante: R$ 55 por pessoa
MTB Esporte: R$ 80 por pessoa
MTB Pro: R$ 105 por pessoa
Trekking Curto: R$ 55 por pessoa
Trekking Longo: R$ 65 por pessoa

ii. 2º LOTE (efetuadas entre os dias 19/nov e 1º/dez):
MTB Iniciante: R$ 75 por pessoa;
MTB Esporte: R$ 100 por pessoa;
MTB Pro: R$ 125 por pessoa;
Trekking Curto: R$ 75 por pessoa;
Trekking Longo: R$ 85 por pessoa.

* Concedemos desconto de 20% na inscrição de ciclistas associados à Federação Gaúcha de Ciclismo (FGC). Para acessar o desconto, solicite inscrição através do email contato@serradostapes.com.br com cópia de um documento de identificação com foto em anexo. O email será respondido com informações detalhadas e o link de pagamento ONLINE com o valor de desconto.

* Concedemos descontos de 15% para Equipes/grupos/clubes de ciclismo/trekking/corrida que inscreverem-se em lote de 5 ou mais participantes. Solicite este desconto especial via telefone/whatsapp (53) 98138 8033 ou pelo email contato@serradostapes.com.br.

d. Passo-a-passo para se inscrever:
i. LEIA ATENTAMENTE TODOS os itens deste Regulamento;
ii. Preencha o Formulário Online de Inscrição disponível no link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScuii8C7_Msq9jTA4-DP3WnKq62cjg5VOYPC3CpD5MM5jk06Q/viewform
iii. Realize o pagamento ONLINE ou PRESENCIAL:
Pagamento ONLINE – Pagamento da Taxa de Inscrição disponíveis nos ítens 6.c” deste regulamento;
Pagamento PRESENCIAL nos parceiros:
JL Casarin (Pelotas): Rua Bento Gonçalves, 3900 (esquina Mal. Deodoro).
Agência PXP (Pelotas): Rua XV de Novembro, 617 (sala 2).
Hotel Fiss (Morro Redondo): Av. Jacarandá, 30.

e. No caso de Desistência: O reembolso do valor da inscrição para o participante inscrito que não comparecer no dia e local do evento só será realizado através de prévio aviso à coordenação do Desafio pelo email contato@serradostapes.com.br no prazo máximo de 72 horas após a efetuação do pagamento da taxa de inscrição. Após este prazo, a organização não reembolsará o valor da inscrição.

f. Idade mínima: A participação de menores de idade somente será permitida mediante o acompanhamento dos pais ou responsáveis.

7. Cronograma do Evento:
5:30 às 6:30 – Retirada do Kit do Participante e Check-list dos documentos e equipamentos obrigatórios no item 5.f e 5.g deste regulamento.
7:00 – Largada Oficial por categorias
11:30 às 14:00 horas – Almoço na Comunidade Nº Sº do Bonfim.
15:00 18:00 – Oficinas diversas na Comunidade Nº Sº do Bonfim (Local de concentração do evento); Gastronomia e Produtos Coloniais; Chopp artesanal; diversas outras atrações.
18:00 às 19:00 – Música ao Vivo com TOM NEVES VOZ & VIOLÃO
19:30 – Encerramento Oficial do 3º Desafio Serra dos Tapes-RS

8. Alimentação:
a. Almoço na Comunidade Nº Sº do Bonfim – Salada verde, salada de batata com maionese, arroz, massa, coxa e sobrecoxa de frango pelo valor de R$25 pagos no local (valor do almoço não incluído na inscrição). Bebidas à parte;
b. Almoço no Café Paiol – Café Colonial com produtos agroecológicos familiares pelo valor de R$ 28 pagos no local (valor do almoço não incluído na inscrição). Bebida inclusa.
c. Almoço na Propriedade Agroflorestal Schiavon – Almoço agroecológico pelo valor de R$ 28 pagos no local (valor do almoço não incluído na inscrição). Bebida inclusa.
d. Reservas: A escolha do local de almoço dos participantes deverá ser feita no preenchimento do Formulário Online de Inscrição disponível no link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScuii8C7_Msq9jTA4-DP3WnKq62cjg5VOYPC3CpD5MM5jk06Q/viewform

* Na escolha do local de almoço o participante deve levar em consideração a localização do empreendimento que oferece este serviço (Comunidade Nº Sº Bonfim – próxima ao Marco Zero; Café Paiol – Km 52 da Via Ecológica; Propriedade Agroflorestal Schiavon – Km 74 da Via Ecológica).

9. Hospedagem:
a. Serão indicados Hotéis/Hostels e Pousadas em publicações no link do evento https://www.facebook.com/events/273334573505117/;

10. SEJA RESPONSÁVEL COM SEU LIXO
O ciclista e caminhante participante é responsável por guardar seu lixo consigo até encontrar local apropriado para descarte (nos PAs, PH’s e Local de Concentração do evento, por exemplo).

11. Informações adicionais de Contato:
a. Telefone / Whatsapp – (53) 98138-8033 e (53) 98105-5537;
b. Email para contato@serradostapes.com.br;
c. Redes sociais:
i. Instagramhttps://www.instagram.com/serradostapes
ii. Facebook https://www.facebook.com/serradostapes/

12. Este edital poderá sofrer alterações sem aviso prévio:
Solicitamos que o participante interessado acesse esta postagem (Regulamento) periodicamente para se manter atualizado das informações e novidades eventualmente apresentadas.

 

ANEXO 1. Termo de Compromisso

 

TERMO DE RESPONSABILIDADE E DIREITO DE IMAGEM DO PARTICIPANTE

 

  1. Eu ______________________________________________________ declaro, nesta data e na qualidade de participante, que minha inscrição para participar do 3º Desafio da Serra dos Tapes-RS que acontece no dia 9 de dezembro de 2018, dá-se por minha livre e espontânea vontade.
  2. Reconheço e assumo integralmente os riscos de acidentes que podem ocorrer neste tipo de evento, os quais são significativos e envolvem possibilidade de deslocamentos, luxações, fraturas, paralisia permanente e até morte. Apesar de regras específicas, equipamentos solicitados e minha disciplina apropriada poderem reduzir os perigos inerentes, reconheço que persiste risco de danos.
  3. EU RECONHEÇO E ASSUMO LIVREMENTE TODOS OS RISCOS RELATIVOS AO 3º DESAFIO, CONHECIDOS OU NÃO, assumindo total responsabilidade pela minha participação.
  4. Como participante do 3º Desafio da Serra dos Tapes-RS, comprometo-me a respeitar a legislação vigente, seja ela municipal, estadual ou federal, assumindo toda e qualquer consequência de meus atos no período de duração do evento e naqueles que a antecedem e a sucedem e possam estar relacionados às atividades do evento.
  5. O respeito à natureza em todas as suas formas e o respeito a terceiros, tanto física como moralmente, sejam eles participantes, assistentes, organizadores ou demais pessoas ou bens, é fundamental para que o 3º Desafio da Serra dos Tapes-RS alcance seus objetivos esportivos, sociais e ambientais. Reconheço estas prioridades e comprometo-me a respeitá-las totalmente.
  6. Comprometo-me a, quando observar qualquer perigo possível durante a minha participação no evento, informar à ORGANIZAÇÃO o mais rápido possível.
  7. Tenho conhecimento e aceito que aos organizadores cabe o direito de adiar, cancelar ou modificar o evento. Nenhum reembolso será requerido por mim, por meus outorgados legais, herdeiros ou familiares por cancelamento da prova ou por minha desistência declarada fora do que declara possível o Regulamento Oficial do evento disponível no link https://www.serradostapes.com.br/regulamento-3-desafio-serra-dos-tapes/.
  8. O resgate, quando necessário, dar-se-á caso haja condições favoráveis e que permitam tal operação sem riscos a mim e à equipe de resgate. Portanto, declaro estar ciente de que, independente de sua gravidade ou urgência, o resgate somente ocorrerá quando for possível, se for possível e se para o eventual socorro NÃO houver ou resultar RISCO a mim e à equipe de resgate.
  9. USO DA IMAGEM: Autorizo o uso e divulgação da minha imagem e voz, seja através de fotos, filmes e entrevistas, para veiculações em rádios, jornais, revistas, televisão e demais mídias para fins informativos, promocionais ou publicitários pertinentes ao do 2º Desafio da Serra dos Tapes-RS, sem acarretar ônus à ORGANIZAÇÃO, patrocinadores ou aos próprios meios de veiculação.
  10. Declaro que estou em condições físicas e médicas adequadas para participar do 3º Desafio da Serra dos Tapes-RS. Estou ciente de que antes ou ao longo da mesma pode ser efetuada a qualquer momento avaliação médica por parte da ORGANIZAÇÃO. Caso esta conclua de que minhas condições não permitam uma participação segura para mim e para terceiros, serei excluído da prova sem direito a qualquer ressarcimento ou obrigação por parte da ORGANIZAÇÃO. Estou igualmente ciente que a recusa em submeter-me ao exame implicará igualmente em minha exclusão do evento.
  11. O evento 3​ º Desafio da Serra dos Tapes-RS determina que cada participante seja auto suficiente, no que se refere a alimentação e reparos mecânicos. A ORGANIZAÇÃO não tem obrigação de prover alimentos, hidratação e reparos mecânicos além dos relatados em seu Regulamento, e se o fizer não poderei fazer qualquer exigência de escolha e oportunidade de oferta de alimentos, líquidos e reparos.
  12. Todos os PAs e PH’s (Pontos de Controle e Hidratação) tem tempo de abertura e fechamento pré-estabelecidos. Os ciclistas e caminhadores/corredores deverão chegar aos PAs e PH’s até o prazo final de fechamento, sob pena de desclassificação. Os ciclistas e caminhantes/corredores desclassificados (principalmente por atraso) serão convidados a se retirar da prova e não pedalar/caminhar/correr mais, devendo, dentro das possibilidades da organização, utilizar resgate para retorno ao ponto de partida. A organização do evento não assume nenhuma responsabilidade em relação aos ciclistas/corredores/caminhadores que tenham sido desclassificados da prova e que, após comunicação por parte dos organizadores, insistam em continuar pedalando/caminhando/correndo no trajeto.
  13. DECLARO ESTAR CIENTE DE TODOS TERMOS DO REGULAMENTO DO 3º DESAFIO SERRA DOS TAPES-RS DISPONÍVEL NO LINK http://www.serradostapes.com.br/regulamento-3-desafio-serra-dos-tapes/, CUJA ÍNTEGRA LÍ, ENTENDÍ E CONCORDEI PLENAMENTE, COMPROMETENDO-ME A ACATAR TODAS AS NORMAS ALI CONTIDAS E AS DECISÕES DA ORGANIZAÇÃO. APÓS TER LIDO ESTE TERMO DE RESPONSABILIDADE E ACORDO DE IMPLICAÇÃO DE RISCOS E TENDO COMPREENDIDO SEUS TERMOS, ENTENDO QUE ESTOU DESISTINDO DE DIREITOS SUBSTANCIAIS ATRAVÉS DE SUA ASSINATURA, A QUAL FAÇO LIVRE E VOLUNTARIAMENTE, SEM QUALQUER COERÇÃO.

Estando compreendidas e analisadas as condições para participação no 3º Desafio Serra dos Tapes, assino o presente instrumento:

CIDADE E DATA:_________________________________________________________

CATEGORIA SELECIONADA: _________________________________________________

RG DO PARTICIPANTE:_____________________________________________________

ASSINATURA DO PARTICIPANTE: _____________________________________________

 

* No caso de menores de 18 anos:

RG DO PAI OU RESPONSÁVEL: ________________________________________________

ASSINATURA DO PAI OU RESPONSÁVEL: ________________________________________

* ESTE TERMO DE COMPROMISSO SERÁ ENTREGUE IMPRESSO JUNTO AO KIT DO PARTICIPANTE E DEVERÁ SER ASSINADO À MÃO PELO PARTICIPANTE INSCRITO E ENTREGUE À ORGANIZAÇÃO NO MOMENTO DO CHEKLIST DOS DOCMENTOS E EQUIPAMENTOS OBRIGATÓRIOS SOLICITADOS NOS ITENS “5.f” e “5.g” DO REGULAMENTO DO 3º DESAFIO SERRA DOS TAPES-RS DISPONÍVEL NO LINK http://www.serradostapes.com.br/regulamento-3-desafio-serra-dos-tapes/.

 

]]>
https://www.serradostapes.com.br/regulamento-3-desafio-serra-dos-tapes/feed/ 0
Por que uma Via Ecológica? https://www.serradostapes.com.br/por-que-uma-via-ecologica/ https://www.serradostapes.com.br/por-que-uma-via-ecologica/#respond Mon, 01 Oct 2018 15:32:54 +0000 https://www.serradostapes.com.br/?p=409 Foto em destaque: Ana Teresa Fotografia

A promoção de estratégias para o Desenvolvimento Sustentável de uma região não é algo simples de se desenvolver. Principalmente, por envolver ações específicas em variados meios e instâncias sociais. Mas que no seu conjunto, permite oportunidades e geração de riquezas de modo equilibrado e envolvendo diversos de agentes locais e regionais.

Pelas razões acima descritas, compreendemos a necessidade de esclarecer permanente e sistematicamente sobre todos os aspectos possíveis de se observar e compreender o Projeto Via Ecológica, sem que a qualidade de sua compreensão global seja comprometida.

Portanto, estamos lançando aqui em nosso Blog uma série de textos e artigos descritivos sobre cada viés específico de ação do projeto Via Ecológica. Com isso, estamos facilitando a compreensão do público no que diz respeito à diversidade e amplitude de iniciativas vinculadas, por mais diversas que sejam suas áreas de atuação e relações umas com as outras.

A critério de exemplo, entre os tópicos aprofundados nas publicações futuras, estão os seguintes:

POR QUE UMA VIA ECOLÓGICA?

Em tempos da maior crise ambiental da história da humanidade, é no mínimo inteligente que as atividades humanas geradoras de renda – no meio rural ou urbano – se reconfigurem em formatos cada vez menos impactantes ambientalmente, e, por consequência, menos nocivos à sociedade.

Na origem desta crise – por mais difícil que seja lidar com este fardo – está o conjunto dos hábitos humanos, comportamentos, estilos de vida e padrões de consumo que, ao longo da chamada era moderna, resultou na visão de dominação da natureza. Percepção esta, que dá origem à noção de segregação entre homem e ambiente, ponto inicial de um sem-fim de conflitos e tensões socioambientais complexos e delicados de gerir.

Mas sabemos, contudo, que o bem-estar e saúde das pessoas está diretamente relacionado ao bem-estar e saúde planetária. Somos todos, parte de um grande organismo Terra, e degradá-la significa, necessariamente, degradar nossa própria casa comum e a nós mesmos (sem exceção).

A contemplação de paisagens naturais é ação passiva, observadora, e livre da necessidade de julgamento. É a oportunidade da abertura de oportuno espaço mental para sensibilização e aprendizagem. Partindo desta premissa, o turismo na natureza, especialmente experimentado de modo ativo de deslocamento – a pé ou de bicicleta, por exemplo – qualificam a experiência interativa junto aos cenários e pessoas apresentadas pelo próprio caminho.

Poderia se dizer que a experiência turística peregrina prepara o terreno cognitivo humano para o novo. Neste novo ambiente mental, o desconhecido não causa mais medo. Pelo contrário, instiga a curiosidade para compreender certos fenômenos e realidades fora da rotina tradicional.

O movimento do ato de pedalar ou caminhar ao ar livre – em ação contemplativa – faz com que a atenção, geralmente voltada para o “eu” se volte para o “todo”. Para o que está além da individualidade. Trata-se de potente exercício de cidadania e sensibilização. É o deslocamento da consciência do “ego” para a consciência do “eco”, em movimento discreto e poderoso de despertar para a vida em comunidade.

A experiência peregrina provoca uma espécie de aquietação da mente. Traz a sensação de que o tempo percebido – o tempo das emoções – seja deslocado do tempo linear do cotidiano, aquele das horas e dos minutos. Essa mudança parece ativar uma outra lógica de sensações que, para alguns, pode causar medo e insegurança, e para outros tantos, fascinação e desejo de vida!

Um brilho diferente no olhar, causador de uma vontade visceral de vida. Já sentiu isso?! Talvez esteja na hora!

Ecoturismo e Mobilidade Ativa

Seria possível, então, que o turismo rural, realizado por meios ativos de deslocamento, seja uma estratégia ainda mais eficiente de sensibilização e desenvolvimento sustentável do que o turismo realizado por meios motorizados?

Acreditamos que sim! E foi por essa razão que o projeto “Via Ecológica Serra dos Tapes-RS” foi concebido como a 1ª Via Ecológica da América Latina, e lançada em maio de 2018 na região da Serra dos Tapes, estado do Rio Grande do Sul.

Gostou da proposta e quer saber mais? Então entre em contato com a nossa coordenação e VIVA ESTE ECO!

Maiores informações podem ser solicitadas em nosso portal www.serradostapes.com.br, pelo email contato@serradostapes.com.br ou pelos telefones (53) 98138 8033 / (53) 98105 5537

]]>
https://www.serradostapes.com.br/por-que-uma-via-ecologica/feed/ 0
LUZ, CÂMERA, AÇÃO https://www.serradostapes.com.br/luz-camera-acao/ https://www.serradostapes.com.br/luz-camera-acao/#respond Fri, 28 Sep 2018 12:55:49 +0000 https://www.serradostapes.com.br/?p=401 Para que o público geral possa compreender melhor e acessar com facilidade o conjunto amplo de informações, experiências e serviços disponibilizados pelo Projeto Via Ecológica na Serra dos Tapes-RS, as atividades da equipe gestora não param!

No último final de semana (22 e 23/set), nossa equipe foi a campo com a missão de captar depoimentos e imagens audiovisuais junto aos empreendimentos parceiros da Via Ecológica Serra dos Tapes-RS.

O objetivo da ação é coletar dados e imagens que servirão de base para produção dos materiais publicitários da Via Ecológica na temporada 2018/2019.

Ao todo, estão sendo produzidos 40 vídeos envolvendo 8 empreendimentos parceiros do Projeto. De cada empreendimento, foram selecionados de 4 a 5 atrativos específicos, em que os próprios agricultores/empreendedores apresentam e convidam o público para viverem as experiências oportunizadas pela Via Ecológica em suas propriedades rurais.

Imagem: Ana Teresa (https://www.instagram.com/anateresafotografia)

EMPREENDIMENTOS CONTEMPLADOS NO FINAL DE SEMANA:

Recanto Negrinho do Pastoreio – propriedade rural familiar que trabalha com a produção agroecológica de alimentos, com destaque para a produção de ovos orgânicos – carro chefe da propriedade. Além disso, oferecem atrativos como sua pequena agroindústria, trilha ecológica que termina no alto de um observatório do Bioma Pampa (ainda em construção).

Sítio Amoreza – é um espaço coletivo de pessoas que saíram da cidade em busca de um estivo de vida mais conectado com a natureza. Entre as experiências propostas, trabalham com permacultura, bioconstrução, educação ambiental, terapias holísticas e lazer. Outro diferencial do Amoreza é a gastronomia ovolactovegetariana, oferecendo refeições com diversidade de produtos orgânicos e coloniais, com cores e sabores que nutrem o corpo e a alma do viajante.

Colonial Fungi – é uma propriedade especializada na produção de cogumelos comestíveis, tanto secos como in natura. A não utilização de agrotóxicos reflete na qualidade nutricional de seus produtos. Além disso, o local oferece uma gastronomia com base nos cogumelos produzidos no próprio local.

LUZ, CÂMERA… MUITA REFLEXÃO E PLANEJAMENTO – E AÇÃO!

Após a jornada de filmagens, na terça-feira (25/set), a equipe gestora da Via Ecológica novamente se reuniu-se com o coletivo de empreendedores parceiros. Mas desta vez, com o objetivo de apresentar parte do conteúdo captado no final de semana e debater em conjunto sobre o plano estratégico do projeto e as campanhas publicitárias que estarão sendo veiculadas ao longo da temporada 2018/2019.

O encontro aconteceu na Propriedade Agroflorestal Schiavon (PAS), empreendimento que é referência nacional em agroecologia e produção agroflorestal, cujos princípios se baseiam no conceito da sintropia.

Agradecemos de coração a todos os envolvidos – empreendedores, gestores públicos parceiros (prefeituras de Pelotas e Morro Redondo), Patrocinador (JL Casarin), Consultores (Sebrae) e demais voluntários que nos acompanham e contribuem das mais diversas formas.

Sabemos que o futuro que desejamos não se constrói sozinho, e é uma alegria imensa poder construí-lo junto a pessoas tão especiais e que não medem esforços para deixarem seu legado de amor, paz e práticas sustentáveis não apenas às gerações futuras, mas à geração ATUAL. Sabemos que o único tempo real capaz de transformar a nós próprios, e consequentemente, o mundo, é o AQUI e o AGORA.

Viva este ECO!

Maiores informações podem ser solicitadas em nosso portal www.serradostapes.com.br, pelo email contato@serradostapes.com.br ou pelos telefones (53) 98138 8033 / (53) 98105 5537

]]>
https://www.serradostapes.com.br/luz-camera-acao/feed/ 0
Parceria Via Ecológica e Agência PXP https://www.serradostapes.com.br/parceriaagenciapxp/ https://www.serradostapes.com.br/parceriaagenciapxp/#respond Mon, 24 Sep 2018 18:02:45 +0000 https://www.serradostapes.com.br/?p=397 A publicação de hoje, que abre a estação da primavera, é dedicada ao lançamento de uma aliança firmada recentemente, um dos principais desdobramentos positivos desde o lançamento do produto turístico Via Ecológica Serra dos Tapes-RS, realizado em maio deste ano. Trata-se da parceria institucional entre o Projeto Via Ecológica e a Agência PXP Publicidade Inteligente!

A parceria acontece por sintonia de ideais e, principalmente, por acreditar no imenso potencial da região da Serra dos Tapes (RS) para o desenvolvimento do empreendedorismo e turismo sustentáveis. São inúmeras propriedades rurais familiares em Pelotas e Morro Redondo que realizam práticas ecológicas de produção de alimentos, agroindústrias, atividades de educação ambiental, cursos, vivências, eventos e serviços diversos que exploram a plena conexão entre sociedade & ambiente.

Inserida como entidade apoiadora do Projeto Via Ecológica, a Agência Pxp forneceu em pouco mais de 1 mês de parceria, todo o suporte necessário para dar um salto qualitativo na comunicação institucional do projeto e na elaboração de materiais e campanhas publicitárias que serão lançadas a partir do dia 1º de outubro no portal Via Ecológica e nas redes sociais.

Segue o relato de Bruno Cavalheiro – representante da Agência Pxp:

“É um prazer para nós da Agência Pxp, estarmos engajados na Via Ecológica – um projeto de turismo sustentável nas colônias de Pelotas e Morro Redondo. Ficamos cada vez mais encantados com a ideia do Karam (referindo-se a Leandro Karam – fundador da Via Ecológica) de implantar um turismo verde e de baixo impacto. Ou melhor: de impacto positivo, por propriedades que não utilizam veneno em suas produções”

A Agência Pxp é uma agência de publicidade que atua a mais de 6 anos no mercado e realiza um trabalho completo de marketing, oferecendo serviços como a criação e atualização de marca e identidade visual, materiais gráficos e impressos, mídia digital, gestão e direcionamento de redes sociais, e-mail marketing, materiais e brindes promocionais e outros. Além de Bruno Cavalheiro (Publicitário), Rosana Bosenbecker (Designer) e Leonardo Reichert (Turismólogo) também compõem o time de colaboradores da Agência Pxp e estão diretamente envolvidos no desenvolvimento da Via Ecológica Serra dos Tapes-RS.

Outra profissional que vem fazendo diferença no projeto Via Ecológica é Jéssica Corrêa – turismóloga com grande experiência na área de vendas. Assim, o contato e direcionamento da comunicação ao público-alvo passa a ser feito considerando os distintos segmentos de público: cicloturistas, moutain-bikers, caminhadores, corredores, peregrinos, etc.

Você tem interesse em vivenciar as mais belas paisagens e desafiadoras estradas da Serra dos Tapes?

Você gostaria de testemunhar inspiradoras histórias de famílias que fazem do meio rural um berço de oportunidades de geração de renda e valorização cultural?

Você gostaria de aprender mais sobre verdadeiras transformações da produção rural, passando de um modelo convencional para modelos ecológicos e sustentáveis de vida?

Então você precisa conhecer a Via Ecológica Serra dos Tapes-RS.

Viva este ECO!

Maiores informações podem ser solicitadas em nosso portal www.serradostapes.com.br, pelo email contato@serradostapes.com.br ou pelos telefones (53) 98138 8033 / (53) 98105 5537.

]]>
https://www.serradostapes.com.br/parceriaagenciapxp/feed/ 0
PROJETO VIA ECOLÓGICA – COLETIVO DE FORMAÇÃO https://www.serradostapes.com.br/coletivodeformacao/ https://www.serradostapes.com.br/coletivodeformacao/#respond Fri, 21 Sep 2018 15:49:12 +0000 https://www.serradostapes.com.br/?p=391 No último dia 04/setembro (terça-feira) aconteceu mais um encontro de qualificação do Projeto Via Ecológica. Estiveram presentes representantes da equipe gestora do projeto e empreendimentos parceiros, que discutiram sobre importantes pautas, como (1) a apresentação dos novos integrantes da equipe gestora; (2) a recente parceria do Projeto Via Ecológica com a Agência Pxp – Publicidade Inteligente; (3) os novos produtos/roteiros de Cicloturismo, MTB e caminhada; e (4) o lançamento do 3º Desafio Serra dos Tapes-RS de MTB que acontecerá dia 9 de dezembro deste ano.

Para garantir a contínua qualificação dos agentes vinculados ao Projeto Via Ecológica, estão sendo realizadas reuniões periódicas de formação estratégica, coordenadas pela equipe gestora. Os objetivos plurais destes encontros visam aprofundar conhecimentos específicos sobre o perfil e necessidades do cicloturista, do ciclista esportivo (MTB), dos caminhadores e peregrinos, além do turismo de experiência ecológica, pauta-primordial do produto turístico Via Ecológica Serra dos Tapes-RS.

Os encontros de qualificação do grupo acontecem um em cada uma das 8 propriedades parceiras do Projeto. Este método contribui para maior troca de experiências e conhecimentos entre os empreendedores parceiros sobre as práticas adotadas em cada uma das propriedades.

Neste último encontro, o local escolhido foi o Sítio Amoreza, que nasceu de uma combinação de sonhos e ideais, sentimentos e anseios de um mundo diferente. Trata-se de um espaço coletivo no meio rural, construído e administrado por pessoas que saíram da cidade e trabalham atualmente com permacultura, bioconstrução, educação ambiental e terapias holísticas. Outro diferencial é a gastronomia ovolactovegetariana – uma diversidade de cores e sabores que nutrem não apenas o corpo, mas os olhos e a alma do visitante.

Da esquerda para a direita: Leonardo Reichert (Via Ecológica); Maria Flor, Cauê e Pedro Vieira (Sítio Amoreza); Luciano Tietz (Recanto Colonial); Jéssica Corrêa (Via Ecológica); Maurício Schaidhouer (Sebrae); Ricardo Gruppelli (Casa Gruppelli); Leandro Karam (Via Ecológica); Luana Schiavon (Propriedade Agroflorestal Schiavon / PAS); Bruno Fagundes (Via Ecológica) e Rosana Bosenbecker (Via Ecológica).

EQUIPE GESTORA

Hoje, a gestão do projeto Via Ecológica é estruturada em 5 setores organizacionais e composta por 5 profissionais qualificados, além de 8 empreendedores parceiros: Os 5 setores organizacionais são os seguintes:

(1) Núcleo Gestor – Leandro Karam e Leonardo Reichert; (2) Comunicação & Marketing – Bruno Cavalheiro e Rosana Bosenbecker; (3) Relações Comerciais – Jéssica Corrêa; (4) Empreendimentos Parceiros; (5) Público – Você!

PARCERIA & PUBLICIDADE INTELIGENTE

A parceria com a Agência Pxp – Publicidade Inteligente, foi um salto qualitativo que pode ser percebido nos materiais publicitários que serão veiculados a partir de outubro. A Agência Pxp está inserida como um apoiador do Projeto Via Ecológica, auxiliando de forma direta na identidade visual e na elaboração de novos materiais gráficos e impressos.

PRODUTOS VIA ECOLÓGICA SERRA DOS TAPES-RS

No mês de julho tivemos a presença de 2 experientes caminhantes (Aline Medeiros e Luiz Capra) que vieram de Porto Alegre para – sob caráter experimental – percorrerem aproximadamente 120km da Via Ecológica por 5 dias e 4 noites. Esta experiência possibilitou uma série de reflexões e novidades para o presente e futuro do projeto.

Entre as novidades, estão: (1) a elaboração de roteiros de caminhadas para o desfrute também de peregrinos, corredores e caminhadores junto às experiências propostas pelo Projeto Via Ecológica; (2) a definição da modalidade MTB como pacote turístico-esportivo que contempla o roteiro de 3 dias e 2 noites, lançado em maio deste ano; (3) a formatação de um roteiro de Cicloturismo com menor quilometragem diária (mínima de 17km/dia e máxima de 31km/dia), acessível para um público mais amplo e que estende e aprofunda ainda mais o tempo de permanência e trocas de experiências dos viajantes e as famílias que os acolhem ao longo de 6 dias e 5 noites de aventura.

3º DESAFIO SERRA DOS TAPES-RS DE MTB

Trata-se de um evento de mountain bike (MTB) promovido pela coordenação do projeto Via Ecológica. A 3ª edição do evento acontecerá dia 9 de dezembro, na Cascata (5º Distrito), envolvendo os municípios de Pelotas e Morro Redondo. O evento está se consolidando entre ciclistas da Zona Sul do Estado e hoje atrai novos olhares de ciclistas de outras regiões, assim como de países vizinhos, como o Uruguai. Maiores informações no link https://www.facebook.com/events/273334573505117/.

 

Você tem interesse em vivenciar as mais belas paisagens e desafiadoras estradas da Serra dos Tapes?

Você gostaria de testemunhar inspiradoras histórias de famílias que fazem do meio rural um berço de oportunidades de geração de renda e valorização cultural?

Você gostaria de aprender mais sobre verdadeiras transformações da produção rural, passando de um modelo convencional para modelos ecológicos e sustentáveis de vida?

Então você precisa conhecer a Via Ecológica Serra dos Tapes-RS. Maiores informações podem ser solicitadas em nosso portal www.serradostapes.com.br, pelo email contato@serradostapes.com.br ou pelos telefones (53) 98138 8033 / (53) 98105 5537.

Viva este ECO!

 

]]>
https://www.serradostapes.com.br/coletivodeformacao/feed/ 0
Estudantes de Turismo discutem Projeto Via Ecológica https://www.serradostapes.com.br/estudantesdeturismo/ https://www.serradostapes.com.br/estudantesdeturismo/#respond Sat, 15 Sep 2018 12:03:47 +0000 https://www.serradostapes.com.br/?p=386 No dia 30 de agosto, 5ª feira, a convite da professora Alice Lopes, a equipe gestora do projeto Via Ecológica palestrou e conversou com alunos da disciplina de “Tópicos Especiais”, no Curso de Bacharelado em Turismo da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). A disciplina propõe a realização de uma série de palestras com profissionais de turismo de Pelotas e região, que estão desenvolvendo projetos de impacto ou realizando estudos na área.

Estiveram presentes os membros do Núcleo Gestor da Via Ecológica, representado por Leandro Karam e Leonardo Reichert. Na ocasião, apresentaram o histórico de ações que culminaram no lançamento do produto turístico Via Ecológica Serra dos Tapes-RS, em maio deste ano.

Os estudantes de Turismo tiveram a oportunidade de conhecer em detalhes cada uma das fases em que o projeto foi formatado, de sua criação conceitual à elaboração do produto turístico. Após a palestra, houve um intenso e qualificado debate sobre assuntos pertinentes ao tema, com foco no desenvolvimento do turismo sustentável. Também estiveram presentes o publicitário Bruno Cavalheiro, representando o setor de Comunicação & Marketing do Projeto Via Ecológica.

Em nome da equipe gestora, agradecemos o convite e receptividade da professora Alice e dos estudantes que possibilitaram uma excelente experiência de troca de conhecimentos, trazendo pontos de vistas e contribuições importantes ao projeto.

No momento, o Núcleo Gestor do projeto Via Ecológica está estruturando o curso de Empreendedorismo Sustentável, visando ofertá-lo a grupos interessados. Maiores informações podem ser solicitadas em nosso portal ou pelos telefones (53) 98138 8033 / (53) 98105 5537.

 

]]>
https://www.serradostapes.com.br/estudantesdeturismo/feed/ 0
3º Desafio Serra dos Tapes de MTB https://www.serradostapes.com.br/3desafioserradostapes/ https://www.serradostapes.com.br/3desafioserradostapes/#respond Fri, 14 Sep 2018 00:21:49 +0000 https://www.serradostapes.com.br/?p=380 O Desafio Serra dos Tapes-RS é um evento de mountain bike (MTB), promovido pela equipe gestora do projeto Via Ecológica. O evento está se consolidando entre ciclistas da Zona Sul do Estado e hoje atrai novos olhares de ciclistas de outras regiões, assim como de países vizinhos, como o Uruguai.

A 1ª edição do evento foi realizada em dezembro de 2017 e, em caráter experimental, alcançou 65 ciclistas inscritos de Pelotas e região. Na 2ª edição, realizada em junho de 2018, o número de participantes praticamente dobrou, atingindo a marca de 115 inscritos.

O sucesso da iniciativa, evidenciado pelo aumento significativo de público, trouxe consigo a necessidade de ampliar e qualificar a equipe gestora, com objetivo de proporcionar conforto, segurança e, consequentemente, maior confiabilidade por parte do público.

NOVA EQUIPE GESTORA

Hoje, a gestão do projeto Via Ecológica é estruturada em 5 setores organizacionais e composta por 5 profissionais qualificados:

  1. Núcleo Gestor: setor de idealização e planejamento do projeto Via Ecológica, seus produtos e atividades relacionadas. É representado por Leandro Karam (Biólogo e fundador do Pedal Curticeira) e Leonardo Reichert (Turismólogo);
  2. Comunicação & Marketing: setor responsável pela comunicação institucional nos meios e mídias oficiais da Via Ecológica, bem como pela elaboração de materiais, campanhas promocionais e desenvolvimento da identidade visual do projeto. É representado por Bruno Cavalheiro (Publicitário) e Rosana Bosenbecker (Designer Gráfica);
  3. Relações Comerciais: Setor de comercialização e relacionamento junto ao público-alvo do projeto em seus respectivos segmentos (cicloturismo, Mountain-Bike, trekking, etc). É representado por Jéssica Corrêa (Turismóloga);
  4. Empreendimentos Parceiros: Setor responsável pelo acolhimento do público em seus estabelecimentos, provendo serviços diversos, como: hospedagem, alimentação, visitação e compartilhamento de experiências ecológicas relacionadas aos princípios e propósitos do projeto. São eles:
    1. Recanto Negrinho do Pastoreio (Morro Redondo);
    2. Sítio Amoreza (Morro Redondo);
    3. Hotel Fiss (Morro Redondo);
    4. Café Paiol (Morro Redondo);
    5. Colonial Fungi (Pelotas);
    6. Propriedade Agroflorestal Schiavon – PAS (Pelotas)
    7. Casa Gruppelli (Pelotas);
    8. Recanto Colonial (Pelotas);
  5. Você: público interessado em vivenciar tanto as emoções oportunizadas pelas mais belas paisagens e desafiadoras estradas da Serra dos Tapes, como em testemunhar inspiradoras histórias de transformação de contextos de vida de famílias empreendedoras vinculadas à Via Ecológica. Muitas destas famílias passaram por intensos processos de transição em seu modo de vida e produção rural, de modelos convencionais para modelos ecológicos, sociais e economicamente sustentáveis.

A 3ª edição do evento Desafio Serra dos Tapes-RS acontecerá no dia 9 de dezembro deste ano, prometendo novidades que certamente irão agradar a todos participantes. Entre as novidades, mencionamos as seguintes:

  • Seguro acidente incluído no valor de inscrição;
  • Estrutura para lavagem e limpeza das bikes após o Desafio;
  • Todas informações do evento centralizadas em um único documento/regulamento disponível para download a partir de 1º de outubro;
  • Maiores detalhes e novidades serão divulgados nas próximas semanas no portal serradostapes.com.br e nas redes sociais do projeto:

PERÍODO DE INSCRIÇÃO

  • 1º Lote (valores promocionais) = entre os dias 1º e 31 de Outubro;
  • 2º Lote (Valores integrais) – entre 1º e 30 de Novembro.

As categorias disponibilizadas e os respectivos valores de inscrição serão divulgados a partir do dia 1º de outubro, e poderão ser realizados ONLINE ou na loja JL Casarin, em Pelotas.

O projeto Via Ecológica Serra dos Tapes-RS conta com o apoio institucional da Prefeitura Municipal de Pelotas, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural, da Prefeitura Municipal de Morro Redondo, do Sebrae e Ecosul.

]]>
https://www.serradostapes.com.br/3desafioserradostapes/feed/ 0
Uma Via Ecológica de Desenvolvimento Rural na Serra dos Tapes-RS https://www.serradostapes.com.br/uma-via-ecologica-de-desenvolvimento-rural-na-serra-dos-tapes-rs/ https://www.serradostapes.com.br/uma-via-ecologica-de-desenvolvimento-rural-na-serra-dos-tapes-rs/#respond Fri, 10 Aug 2018 14:00:48 +0000 https://www.serradostapes.com.br/?p=375 No intuito de contribuir para melhor compreensão sobre o tema da sustentabilidade no meio rural, publicamos o texto intitulado “Uma Via Ecológica para o Desenvolvimento Rural” exclusivamente para o blog “Multiverso“, da editora e produtora Nomos, de Pelotas.

O texto apresenta objetivos, propósitos e metodologia do projeto ecoturístico Via Ecológica Serra dos Tapes-RS, que oferece roteiro com estrutura exclusiva de sinalização autoguiada ao longo de 115km de estradas rurais no Bioma Pampa e dispondo de 7 empreendimentos rurais que oferecem serviços de visitação, práticas ecológicas, alimentação e pernoite ao viajante.

Clique AQUI para acessar o texto na íntegra.

Trazemos também algumas reflexões sobre a essência “ecologizante” do projeto, desde seu modo sustentável de locomoção (a pé ou em bicicleta) até as experiências ecológicas praticadas em cada um dos 7 empreendimentos rurais parceiros da Via que se estende pelas colônias dos municípios de Pelotas e Morro Redondo.

A produtora e editora Nomos, em parceria com o Pedal Curticeira, (entidade gestora da Via Ecológica) produziu o vídeo promocional da Via Ecológica, apresentado a seguir:

 

]]>
https://www.serradostapes.com.br/uma-via-ecologica-de-desenvolvimento-rural-na-serra-dos-tapes-rs/feed/ 0
Via Ecológica Serra dos Tapes: em breve também para caminhantes https://www.serradostapes.com.br/via-ecologica-serra-dos-tapes-em-breve-tambem-para-caminhantes/ https://www.serradostapes.com.br/via-ecologica-serra-dos-tapes-em-breve-tambem-para-caminhantes/#respond Thu, 26 Jul 2018 00:46:54 +0000 https://www.serradostapes.com.br/?p=362 Por interesse turístico, cultural, religioso, esportivo ou até mesmo sem motivo algum além da vontade genuína de peregrinar – a pé ou em bicicleta – o famoso Caminho de Santiago de Compostela atrai a cada ano, aproximadamente 300 mil pessoas dispostas a percorrer seus 800 quilômetros, entre territórios de Portugal, Espanha e França.

Hoje, dia 25 de julho, é dia de Santiago Apóstolo, e aproveitamos a data para sinalizar a público uma novidade que irá agradar peregrinos experientes e iniciantes, que poderão contar ainda este ano, com um roteiro preparado para percorrer a Serra dos Tapes da forma mais ecológica possível: a pé!

A iniciativa já era esperada por parte da equipe gestora da Via Ecológica, porém, não sabíamos que daríamos atenção a esta modalidade de modo tão rápido. Fomos desafiados a preparar um roteiro para 2 caminhantes experientes que manifestaram interesse em percorrer a rota durante sua semana de férias. Porém, descartavam a possibilidade de fazer pedalando. O desafio foi aceito e estruturamos uma rota de 5 dias e 4 pernoites, que foram percorridos a pé e com êxito, entre os dias 18 e 22 de julho.

Caminhantes mostram arte feita em homenagem à Santiago de Compostela.

Luíz Capra e Aline Medeiros se surpreenderam ao descobrir as “serras” de Pelotas e Morro Redondo. Não imaginavam que uma cidade plana como Pelotas possuísse região montanhosa. Segundo eles, o percurso em 5 dias é próprio apenas para caminhadores experientes e bem condicionados fisicamente. Para o público caminhante, em geral, recomenda-se que o caminho completo seja feito em até 7 ou 8 dias.

 

Durante a aventura, Luiz e Aline foram recebidos para hospedagem, visita e alimentação nas propriedades rurais Negrinho do Pastoreio (Morro Redondo), Sítio Amoreza (Morro Redondo), Hotel Fiss (Morro Redondo), Café Paiol (Morro Redondo), Casa Gruppelli (Pelotas), Propriedade Agroflorestal Schiavon e Recanto Colonial (Pelotas).

A experiência, até certo ponto inesperada, abriu um novo horizonte de ótimas possibilidades para o futuro tão breve que já se aproxima. Estamos certos que abrir para esta nova modalidade de experiência irá atrair ainda mais viajantes para visitar nossa região na próxima temporada.

Uma pequeno relato de suas motivações para conhecer a Serra dos Tapes-RS, no 3º Econtro Internacional de Gestão Hoteleira, Gastronômica e Turística (UFPel).

Em nome da coordenação do projeto Via Ecológica, estamos ainda mais motivados e nos preparando para atender e receber tanto o público ciclista como o de caminhantes. Luíz Capra é enfático ao afirmar que “quem caminha a Serra dos Tapes está pronto para encarar Santiago de Compostela!”

Então… ciclistas, corredores e caminhantes: aguardem que tem novidade por aí!

Entrega dos certificados, após conclusão do percurso.

Informações e contato:

]]>
https://www.serradostapes.com.br/via-ecologica-serra-dos-tapes-em-breve-tambem-para-caminhantes/feed/ 0